Lulu Silva Telles: Algumas perspectivas sobre a crise na Europa

Publicamos mais uma tribuna livre da luta de Classes. Onde a companheira Lulu Silva Telles analisa brevemente algumas perspectivas pós conflito na Europa, frente a crise de decomposição do capitalismo mundial. Nós temos diferenças com o texto, como temos diferenças com diversos outros textos assinados aqui na revista . Contudo, o livre debate entre trabalhadores é a única forma real de discutirmos o que fazer no combate pela emancipação dos próprios trabalhadores

Algumas perspectivas sobre a crise na Europa

por: Lulu Silva Telles

A popularidade do Puttine subiu, o meu amigo liberal vai dizer que é propaganda que eu não vi entrevista com o psiquiatra specialista da CNN que o diagnosticou como paranóico. Puttine o sanguinário paranóico rsrsrs Eu não vou discutir se as tentativas diplomáticas estavam esgotadas ou não porque não sei. Eu também como todos tenho horror a guerra. Mas sem dúvida alguma a invasão já mudou o mundo e isso é fato. A hipocrisia do mundo ocidental foi desvendada. Os paises destruídos pela OTAN estão sendo ouvidos. A assembleia da ONU deixou evidente a oposição dos países colonizados. A democracia européia está sendo “obrigada” a censurar o contraditório e com isso dividindo sua opinião pública bem formada, capaz de pensar, ligar dois pontos. Dá pra ver e medir na guerra midiática eles sabem eles estão vendo e francamente avaliação à distância da personalidade do Puttine é assim o fundo do poço. Se, que é minha aposta, Alemanha sai da OTAN levando a França pela mão, o imperialismo estará dividido e uma nova realidade e mentalidade pós colonial pode ser almejada, discutida, escrita, documentada e assinada. O enfraquecimento do imperialismo pela ação do Puttine é o que importa no “after math” é a isso que os de esquerda temos que ajudar a concretizar apoiando os Russos e todos os povos do mundo. Por outro lado o imperialismo não vai aceitar esse desrespeito aos seus negócios e aos seus oligarcas e vão tentar forçar a mão armando ainda mais esse nazismo nojento crescente e ai entra a China que no momento parece ambígua dando uma no cravo e outra na ferradura. Mas sabemos bem pra onde o Partido Comunista da China vai. Em tempo: o Partido Comunista da Russia é o segundo maior partido hoje faz oposição ao partido de Puttine mas apoia a invasão da Ucrânia. É minha opinião, é como examino o tabuleiro, materialismo dialético. O bolso tá querendo 10% dos dois lados kk Lula quer o prêmio Nobel, vai entender…

Publicado por Emdefesadomarxismo

Somos um grupo de militantes simpáticos ao Partido dos Trabalhadores, que luta contra a perseguição politica sofrida pelo partido e principalmente pelos seus militantes de base. Nós entendemos que, A emancipação dos trabalhadores é hoje e, a cada dia mais, a ultima esperança da humanidade frente a barbárie capitalista. Contudo, a emancipação dos trabalhadores não pode ocorrer sem uma ciência dos trabalhadores , sem entender os seus dias , sem confrontar a teoria marxista , que é a teoria operária com a realidade da classe trabalhadora. Este é o objetivo de Ciência dos Trabalhadores. Existem sim uma ciência Operária , mas essa ciência precisa ser construida e hoje , como no passado a ciência dos trabalhadores é condição necessária para sua emancipação . Como condição necessária , a ciência operária precisa também ser obra dos trabalhadores. Por isso convidamos a classe trabalhadora a se expressar em nossas paginas .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: