Tribuna do Movimento: É preciso se insurgir contra a perseguiçao politica

Reproduzimos abaixo o editorial de Tribuna do Movimento , texto original aqui

Gabriel Araújo

Desde 2014, diversos elementos com maior grau de consciência política e de combatividade, tem denunciado que o golpe de Estado levaria o regime político nacional para uma ditadura fascista. Os fatos que vem acontecendo de lá para cá, não deixam dúvidas de que no país existe um regime político de força e de exceção, onde as organizações de esquerda vem sendo massacradas por diversos ângulos.

Essa situação, ganhou maior evidência nos últimos meses, onde diversos elementos da esquerda tem sido atacados por vários organismos estatais e paraestatais, com variadas formas.

O Partido da Causa Operária (PCO) teve suas redes sociais retiradas do ar e enfrenta dois processos na justiça, sendo um no STF e outro no TSE. O Partido Socialista Unificado dos Trabalhadores (PSTU), foi atacado pelo TSE por meio de uma multa exorbitante que pode inviabilizar a sua atividade política. O vereador do Partido dos Trabalhadores, Renato Freitas, foi cassado em Curitiba-PR, por conta de uma mobilização política. O Deputado Federal Glauber Braga (PSOL) sofre processo por suposta quebra de decoro parlamentar apenas por fazer questionamentos ao Presidente da Câmara dos Deputados Federais, Arthur Lira (PP). A Deputada Estadual de São Paulo, Isa Penna (PSOL), também é alvo de processo por quebra de decoro, por ter questionado um delegado da Polícia Civil. O Guarda Municipal, Marcelo Arruda, que era tesoureiro do Partido dos Trabalhadores em Foz do Iguaçu-PR, foi assassinado por um policial fascista em sua festa de aniversário. Diversos fascistas tem ousado atacar as mobilizações e atividades da campanha do Presidente Lula. Três dirigentes do MNLM estão sendo perseguidos na CPI da Moradia no Rio Grande do Sul. Julian Assange será extraditado para os EUA.

Todas essas ações vem ocorrendo de maneira simultânea. A maior vitória dos fascistas, não reside no fato de ter colocado Bolsonaro no poder executivo, ela consiste em que os fascistas conseguiram constituir uma força política organizada em todo país com suas milícias, além de ter criados diversos mecanismos nos órgãos estatais para garantir a repressão.

O neoliberalismo, no estágio atual, por sua selvageria política e econômica, somente se viabiliza através de uma significativa e contundente política repressiva em diversos âmbitos, contra as organizações de esquerda, que se contrapõem à essa política de destruição das forças produtivas.

Apesar de se contrapor à esta política neoliberal e repressiva, as medidas adotadas pela esquerda, em sua esmagadora maioria, tem se restringido a tomar apenas medidas institucionais e que vislumbrem apenas vitórias eleitorais, como se apenas mecanismos artificiais pudessem enfrentar todo esse aparato político concreto, que os fascistas e os neoliberais criaram. A esquerda não preparou a militância para o momento atual de feroz enfrentamento entra as classes sociais, que a cada dia que passa se realiza de forma aberta e nítida. Pelo contrário, quando algumas medidas são tomadas, a esquerda cai nas manobras dos aparelhos estatais, e entram em uma campanha junto a imprensa capitalista, para constituir mais mecanismos repressivos, que ao invés de conter os fascistas, são utilizados para elevar a repressão contra a própria esquerda.

Antes que seja tarde, e a ditadura atual se consolide em sua totalidade, é preciso criar ferramentas organizativas, de mobilização e solidariedade, que envolva a classe trabalhadora na intervenção na situação política. Por isso, nos próximos dias, estaremos dedicando nossas análises diárias para denunciar esses casos de perseguição política.

Somente as organizações proletárias e camponesas, podem acabar com esse clima repressivo que ganha cada vez mais o cenário político do país.

Abaixo o golpe!
Formar comitês de autodefesa!
Lula Presidente!
Por um governo dos trabalhadores!

Publicado por Emdefesadomarxismo

Somos um grupo de militantes simpáticos ao Partido dos Trabalhadores, que luta contra a perseguição politica sofrida pelo partido e principalmente pelos seus militantes de base. Nós entendemos que, A emancipação dos trabalhadores é hoje e, a cada dia mais, a ultima esperança da humanidade frente a barbárie capitalista. Contudo, a emancipação dos trabalhadores não pode ocorrer sem uma ciência dos trabalhadores , sem entender os seus dias , sem confrontar a teoria marxista , que é a teoria operária com a realidade da classe trabalhadora. Este é o objetivo de Ciência dos Trabalhadores. Existem sim uma ciência Operária , mas essa ciência precisa ser construida e hoje , como no passado a ciência dos trabalhadores é condição necessária para sua emancipação . Como condição necessária , a ciência operária precisa também ser obra dos trabalhadores. Por isso convidamos a classe trabalhadora a se expressar em nossas paginas .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: